Microfone valvulado para estúdio comutável remotamente

M 49 V Set

O lendário microfone valvulado dos anos 50 e 60 finalmente volta a ficar disponível. No original.

  • Reedição do lendário M 49 com melhorias minuciosas
  • Padrão polar continuamente variável, controlado remotamente
  • Excelente microfone para vozes masculinas e femininas
  • Microfone versátil para todos os tipos de instrumentos
M 49 V Set
M 49 V Set

We need your consent to display this content

By clicking on "Accept" you agree to the data processing to. Further information on data processing can be found under "More information".

Adequado para::

Max. SPL
125 db
S/N Ratio
74 db
Sensitivity
8 mV/Pa

VERDADEIRA EXCELÊNCIA

Introduzido em 1951, o M 49 revolucionou a tecnologia de estúdio com seu padrão polar continuamente variável e comutável remotamente. E, obviamente, com seu som incomparavelmente rico e sedoso, que já deixou sua marca em inúmeras gravações até hoje. O M 49 V é o que muitos gostariam de ter: uma reedição de acordo com as especificações originais!

O começo de uma nova lenda

O M 49 é um excelente microfone em todos os aspectos. Tão impressionante quanto o seu visual é seu som incomparável. Com sua tecnologia revolucionária, o M 49 estabeleceu padrões completamente novos. O M 49 é uma verdadeira lenda da Neumann.

Tudo e muito mais

O objetivo em si já era grandioso: no início da década de 1950, foi desenvolvido um microfone de referência em cooperação com a Nordwestdeutscher Rundfunk (Northwest German Broadcasting), para substituir todos os anteriores. Em vez de ter que substituir a cápsula para alterar a característica direcional, o M 49 permitiu controlar remotamente o padrão polar a partir da fonte de alimentação - de forma contínua. Com sua resposta de frequência balanceada em todos os padrões direcionais, desde omnidirecional a cardioide até figura 8, incluindo configurações intermediárias, o M 49 é um microfone verdadeiramente universal: seja em orquestra, piano, trompete ou vocais, o M 49 é adequado para gravações de todos os tipos com o mais alto padrão. Por isso, o M 49 foi e continua sendo muito procurado. Nenhum outro microfone Neumann da era das válvulas foi fabricado por um período tão longo: de 1951 a 1971. Inúmeras gravações lendárias, desde cool jazz até o pop contemporâneo, ostentam sua elegante assinatura sonora. O M 49 é uma parte indissociável do DNA da Neumann.

O melhor dos melhores

Finalmente, a lenda volta a ficar disponível! O M 49 V é uma reedição da última revisão c. Ao longo dos anos, o M 49 foi continuamente aprimorado: A válvula Hiller MSC2, originalmente instalada, foi substituída pela válvula Telefunken AC701 e, depois, pela AC701k. Essa e outras mudanças no circuito melhoraram a relação sinal-ruído, o range dinâmico e a imunidade à interferência. Paralelamente, foi lançada uma versão para broadcast, o M 249, com um conector à prova de RF.

O M 49 V utiliza o mesmo circuito do M 49 c, mas com uma válvula subminiatura de ruído ainda menor. Como as interferências de alta frequência aumentaram drasticamente devido às redes de telefonia móvel e ao WiFi, a conexão à prova de radiofrequência foi adotada a partir do M 249.

A unidade de controle de padrão NM V incluída é projetada para fornecer automaticamente a tensão ideal de aquecimento para o M 49 V e qualquer M 49 vintage; ela também se adapta automaticamente à tensão da rede elétrica local. Além disso, o conjunto do M 49 V inclui o icônico suporte , cujo posicionamento flexível contribuiu para a enorme popularidade do M 49. O conjunto do M 49 V é fornecido em um estojo de alta qualidade, que, como o microfone inteiro, é feito à mão na Alemanha.

Compatibilidade e opções de encomenda

O M 49 V possui dois interruptores internos que podem ser usados para estabelecer compatibilidade com diversas variantes de circuitos históricos (veja abaixo, "Uma breve história do M 49").

Em entregas padrão, o M 49 V é totalmente compatível com a última variante histórica M 49 c com passa-altas de 1ª ordem a 30 Hz.

Usando o interruptor interno S4, a frequência de passa-altas pode ser reduzida para 12 Hz. Isso resulta na resposta de baixa frequência do M 49 inicial (sem sufixo) até 1957, que ainda não tinha esse passa-altas. Ao mesmo tempo, é mantida uma certa proteção contra o infrassom.

Usando o interruptor interno S2, o M 49 V pode ser ajustado para um padrão cardioide fixo, como era possível com a variante histórica M 49 b. Isso desativa o ajuste de padrão, a sensibilidade aumenta em cerca de 2 dB, e o nível de ruído equivalente diminui em cerca de 3 dB. Essa configuração é útil se o M 49 V for usado exclusivamente no modo cardioide, por exemplo, para vocais ou fala.

Os interruptores internos não devem ser operados pelo usuário, apenas pelos técnicos de Serviço da Neumann.

Em entregas padrão, o filtro passa-altas é definido para 30 Hz, e o controle de padrão é ativado. Caso deseje um tipo diferente na entrega, você pode encomendar o M 49 V com seu revendedor ou parceiro de vendas Neumann na configuração de interruptor desejada (sob demanda).

  • Reedição do lendário M 49 com melhorias minuciosas
  • Excelente microfone para vozes masculinas e femininas
  • Microfone versátil para todos os tipos de instrumentos
  • Circuito valvulado clássico com transformador de saída
  • Padrão polar continuamente variável, controlado remotamente
  • Fabricado de acordo com as especificações originais usando documentação arquivada
  • A nova unidade de controle de padrão polar se adapta automaticamente à tensão da rede
  • Feito e soldado à mão na Alemanha
  • Caixa vintage feita à mão na Alemanha

Uma breve história do M 49

O Neumann M 49 é, sem dúvida, uma das grandes lendas dos microfones. Seu som incomparavelmente rico e sedoso permanece inigualável até hoje. Estrelas e astros como Barbra Streisand, Neil Diamond e Huey Lewis chegaram a comprar seus próprios microfones M 49 para ressaltar o melhor de suas vozes em cada estúdio. No entanto, o M 49 não foi desenvolvido especificamente para gravações de voz, mas como um microfone universal.

Seu desenvolvimento foi iniciado pelo setor de broadcast. Até o final da década de 40, experimentar um padrão direcional diferente significava trocar todo o microfone ou, pelo menos, a cabeça da cápsula. Isso só foi mudar em 1949, com a introdução do Neumann U 47, o primeiro microfone que permitia a comutação eletrônica entre modo cardioide e omnidirecional. A comunidade de transmissão queria um microfone que fosse ainda mais longe e pudesse ser continuamente ajustado de omnidirecional para cardioide até o formato 8. Além disso, a característica direcional precisava ser comutável remotamente a partir da sala de controle. Isso não só foi conveniente, como também permitiu a seleção do padrão polar mais adequado em condições auditivas ideais. Uma grande vantagem na época de grandes conjuntos, como orquestras e big bands, que precisavam ser gravados com apenas alguns microfones. Ao mesmo tempo, o setor de broadcast esperava uma simplificação de seu estoque de equipamentos, pois esse microfone universal de alta qualidade abrangeria quase todas as aplicações concebíveis.

Os primeiros protótipos foram desenvolvidos na Nordwestdeutscher Rundfunk (NWDR) sob a direção do Dr. Herbert Großkopf. A Neumann obteve sua patente para a característica direcional continuamente comutável e passou a produzir o M 49 a partir de 1951.

Graças à sua tecnologia revolucionária e ao som equilibrado em todos os padrões de direção, o M 49 se manteve facilmente ao lado do U 47, que havia sido introduzido apenas dois anos antes, embora o M 49 fosse consideravelmente mais caro. Nenhum outro microfone Neumann de válvulas foi fabricado por um tempo mais longo do que ele: um total de 20 anos, de 1951 a 1971; as últimas unidades foram vendidas até meados da década de 70. Até hoje, o M 49 continua sendo um dos microfones de estúdio mais procurados, especialmente para gravações de vocais.

Obra-prima em criação O M 49 foi produzido em diferentes versões.

  • A versão original usava uma válvula especialmente desenvolvida para aplicações de microfone pela empresa Hiller, o MSC2.
  • A partir de 1954/55, a válvula Hiller foi substituída por uma válvula com menos ruído, da Telefunken, a AC701, desenvolvida especificamente para microfones.
  • Em 1957, o M 49 b surgiu, com um novo transformador de saída (BV11) e algumas mudanças de circuito. Isso reduziu a distorção e aumentou a sensibilidade. Além disso, passou a ter um interruptor interno para desativar o diafragma traseiro, para que o M 49 operasse com uma curva característica de cardioide fixo. Isso aumentou a relação sinal-ruído em cerca de 3 dB.
  • A partir de 1958 (número de série 1600), foi instalada uma versão melhorada de baixa microfonia da válvula Telefunken, a AC701k.
  • Por volta do mesmo período, a cápsula M7, originalmente usada, foi substituída pela versão aprimorada K 49. Acusticamente, ambas as cápsulas são quase idênticas. A K 49 oferece vantagens de fabricação que garantem uma melhor simetria dos sistemas dianteiro e traseiro. Além disso, o material do diafragma da K 49 é muito mais durável do que o PVC usado anteriormente, que se torna quebradiço ao longo dos anos.
  • Em 1964, o M 49 c foi lançado, com novas alterações no circuito. Ao alterar a operação do tubo de "fixed bias" para "self-bias", o ruído pôde ser reduzido mais uma vez. Essa foi e continua sendo a revisão mais popular; muitos microfones M 49 mais antigos foram posteriormente convertidos para a versão de circuito c.

Paralelamente, a partir de 1961, foi produzida uma versão especial para broadcast. O M 249 utiliza um conector Tuchel de 7 pinos à prova de RF, em vez do conector baioneta. Novamente, existem diferentes versões:

  • O M 249 (sem sufixo) foi produzido somente de outubro a novembro de 1961.
  • O M 249 b, introduzido em novembro de 1961, é tecnicamente equivalente ao M 49 b
  • O M 249 c, a partir de 1964, corresponde ao M 49 c

M 49 V em comparação com seus antecessores

O M 49 V utiliza o mesmo circuito da mais recente e popular revisão, a M 49 c. Somente a válvula Telefunken AC701k, que não está mais disponível, foi substituída por uma outra com ruído ainda menor, também em formato subminiatura.

Como todos os microfones M 49 desde o final dos anos 50, o M 49 V utiliza a cápsula K 49, que a Neumann continua a fabricar sem qualquer alteração. Seu incomparável som é lendário e não há outro melhor! A grande grelha acusticamente aberta do microfone, que foi mantida no M 49 V, também contribui para as características de som singulares do M 49.

Como as emissões eletromagnéticas aumentaram drasticamente nas últimas décadas, devido às redes de telefonia móvel e WiFi, entre outros, foi adotado o conector à prova de RF a partir da versão para transmissão M 249. O antigo conector de baioneta do M 49, que já não estava disponível havia décadas, não teria fornecido imunidade suficiente contra interferências nos ambientes de estúdio modernos.

O conjunto do M 49 V inclui a nova fonte de alimentação NM V. Como a nova válvula subminiatura de ruído muito baixo requer uma tensão de aquecimento um pouco mais alta, o M 49 V não deve ser operado usando fontes de alimentação antigas. No entanto, a NM V também pode ser usada para microfones M 49 antigos. Uma função automática garante que a tensão de aquecimento ideal seja sempre fornecida para a válvula usada. Além disso, o NM V se adapta automaticamente à tensão de rede local. Contudo, não se trata de uma fonte de alimentação comutada moderna, mas de uma fonte de alimentação linear convencional, por sua sonoridade!

O conjunto M 49 V é completado pelo seu popular suporte. Graças a ele, o M 49 sempre foi especialmente flexível em termos de posicionamento e, juntamente com o microfone, forma uma unidade icônica. Nessa montagem, o M 49 pode ser visto em inúmeras fotos de sessões de gravação, incluindo álbuns como Kind of Blue, de Miles Davis, e muitas outras gravações do lendário Columbia Studios, em Nova York. Em comparação com o suporte antigo, a nova versão foi complementada com elementos para o desacoplamento mecânico do microfone, além de um suporte de cabo para a supressão de ruídos estruturais relacionados ao cabo.

Acoustical operating principle Pressure gradient transducer
Directional Pattern variable (omnidirectional...cardioid…figure-8)
Frequency Range 40 Hz...16 kHz
Sensitivity at 1 kHz into 1 kohm 6.5/8/10 mV/Pa ± 1 dB -43.5/-42/-40 dBV
Rated Impedance 200 ohms
Rated load impedance 1000 ohms
Equivalent noise level, CCIR¹⁾ 32/30/30 dB
Equivalent noise level, A-weighted¹⁾ 21/20/19 dB-A
Maximum SPL for THD 0.5%²⁾ 125 dB (cardioid)
Signal-to-noise ratio, CCIR (re. 94 dB SPL)¹⁾ 62/64/64 dB
Signal-to-noise ratio, A-weighted (re. 94 dB SPL)¹⁾ 73/74/75 dB
Maximum output voltage 300 mV ~ - 8 dBu
Power supply NM V
Required connectors/Microphone KC 5 cable (7-pin)
Required connectors / Power supply unit - output XLR 3 F
Weight 800 g
Diameter 80 mm
Length 163 mm

1) de acordo com a IEC 60268-1; ponderação CCIR de acordo com a CCIR 468-3, quase pico; ponderação A de acordo com a IEC 61672-1, RMS

2) medido como sinal de entrada el. equivalente

Diagramas

Cardioid M 49 V

Cardioid M 49 V Cardioid M 49 V

Hyper Cardioid M 49 V

Hyper Cardioid M 49 V Hyper Cardioid M 49 V

Figure-8 M 49 V

Figure-8 M 49 V Figure-8 M 49 V

Omni M 49 V

Omni M 49 V Omni M 49 V

Wide Cardioid M 49 V

Wide Cardioid M 49 V Wide Cardioid M 49 V
TLM 49 Set

PS 15

Filtro de plosivas

PS 15
TLM 49 Set

PS 20 a

Filtro de plosivas

PS 20 a
TLM 49 Set

MF 3

Suporte de mesa

MF 3
TLM 49 Set

MF 4

Suporte de chão

MF 4
TLM 49 Set

MF 5

Suporte de chão

MF 5
TLM 49 Set

STV 4

Extensão de suporte

STV 4
TLM 49 Set

STV 20

Extensão de suporte

STV 20
TLM 49 Set

STV 40

Extensão de suporte

STV 40
TLM 49 Set

STV 60

Extensão de suporte

STV 60
TLM 49 Set

IC 3 mt

Cabo de microfone

IC 3 mt
TLM 49 Set

KC 5

Microphone Cable

KC 5
TLM 49 Set

MZ 49 A

Elastic Suspension

MZ 49 A
TLM 49 Set

NM V

Pattern Control Unit

NM V

M 49 V Set

Color nickel

N.º CAT. 008686

M 49 V Set
  • M 49 V Tube microphone
  • NM V Pattern Control Unit
  • KC 5 Cable
  • MZ 49 A Shock Mount
  • Aluminium Case
  • Quick Guide
  • Safety Guide

Adequado para::

Max. SPL
125 db
S/N Ratio
74 db
Sensitivity
8 mV/Pa

Análises

Wiedergeburt - M 49 V review
Studio Magazin, 06/22, German
Download PDF

Prêmios

Popular Products